Sem Par

by diogo cadaval

/
  • Streaming + Download

     

1.
03:26
2.
02:50
3.
03:04
4.
02:21
5.
02:41
6.
04:03
7.
02:51
8.
9.

about

debut album from musician/songwriter based in rio de janeiro, diogo cadaval

credits

released June 25, 2011

produced by diogo cadaval, lucas zardo & rafael gryner.
arranged by diogo cadaval, lucas zardo, guilherme gotrô & andré lobo.
horn arrangements by diogo cadaval & rafael gryner.

tags

license

about

diogo cadaval Rio De Janeiro, Brazil

contact / help

Contact diogo cadaval

Streaming and
Download help

Track Name: Cebola
Disse que não viu, não encontrou,
Não sabe mais onde está
O seu amor

Não vá agora se desesperar
Por alguém que já se foi
E não pretende voltar

Trate de fazer a coisa certa,
Vamos, por favor,
Tenha mais pressa

De chegar a algum lugar
Onde não haja mais lembrança
Daquele que te fez chorar

Queria uma casa, criada,
A roupa passada,
A comida na mesa
Mas isso você com certeza
E delicadeza
Já disse que não

Não, obrigado seu moço
Porque vida minha não é na cozinha
Prefiro até chorar
Mas a vida eu não passo sozinha

Eu não descasco cebola, não.
Track Name: Maria Teresa
Vi você não vou embora
Vi você não vou agora
Vi você não vou embora, não
Vi você não vou embora agora

Vamos procurar
Alguma coisa pra fazer
Seja aqui,
Seja do lado de lá
Você joga ali,
Joga do lado de cá, também

Esperava que você já soubesse
Que eu ia à praia só pra tentar
Encontrar-te, ver

Maria Teresa vai
Maria Teresa
Maria Teresa vai passar
Eu estou a esperar

Maria Teresa vai
Maria Teresa
Maria Teresa vai passar
Track Name: Sambabom
Caso vá primeiro, não se esqueça
Em fevereiro, apareça
Para dar um "alô" e contar as novidades
Vem mostrar seu valor reforçando as amizades
Que aqui ficarão

Faça do seu jeito, não disfarce,
Já está feito o samba
Com classe, com pandeiro e com tambor
Pra trazer brasilidade
Vem cantar com vigor, dando a oportunidade
De festejar

O samba que um dia foi feito aqui no Brasil
Está sendo cantado no mundo como nunca se viu
Mostrando que o brasileiro tem dignidade
E samba com maestria, driblando as adversidades.
Track Name: Canson
Vida
pedaço de papel
canson, não dá
para uma carta escrever
para espantar
a dor em mim

Até me encontrar com você
E deixar crescer
Pra andar e andar
Sem saber por quê
Passei por aí de primeira
Sigo a olhar e olhar
Para a beira da saia
Para onde vai você?

Tinta
rosa do me buquê
canção sem par
para uma seca que veio
pra molhar
esse Arlequim

Até me encontrar com você
E deixar crescer
Pra andar e andar
Sem saber por quê
Passei por aí de primeira
Sigo a olhar e olhar
Para a beira da saia
Para onde vai você?

Diva
fruta do meu benzer
cão, sabiá
para um lira poder
melodiar
com meu nanquim

Até me encontrar com você
E deixar crescer
Pra andar e andar
Sem saber por quê
Passei por aí de primeira
Sigo a olhar e olhar
Para a beira da saia
Para onde vai você?
Track Name: Outro Dia
Abriu o sol da manhã
Já vem irradiar
Todo mundo que precisa dele
Pra sorrir e cantar

Ouvi, mas não quis acreditar
Que você não gosta de sol
Nem de se banhar no azul do mar
Prefere não me responder
Quando eu digo "laiá"

Eu vou na frente
Porque não quero ficar pra trás
Eu não sei se você vem
Esperar muito mais,
Eu não agüento mais esperar

Abriu o sol da manhã
Já vem irradiar
Bom seria se você aqui 'tivesse
Mas como não está

Já é outro dia e vinha te dizer
Lua sempre traz saudade
Já é outro dia e vinha te dizer
Lua sempre traz saudade
Mais do que felicidade

Você não acredita
Quando eu te pergunto
Bem ou mal, alegre ou triste?
Isso aqui não existe
Se a gente junta todo mundo 
Pra cantar e cantar e cantar
Track Name: Barquinho
Leva o que quiser
Deixa que eu finjo
Já não ter preocupação

Quase sem perceber
Você se descuidou
E não cuidou de você

Disse pra responder
Mas você quis
Uma segunda ocasião

E já sem saber
Você se descuidou
E eu fiquei sem você

Só queria saber como navegar
Se tua estrela parar de brilhar
Eu e meu barquinho de papel
Com pretensões de atravessar o mar

Disse pra responder
Mas você quis
Uma segunda ocasião

E já sem saber
Você se descuidou
E eu fiquei sem você

Só queria saber como navegar
Se tua estrela parar de brilhar
Eu e meu barquinho de papel
Com pretensões de atravessar o mar
Track Name: A Chuva
a chuva
pegou todo mundo de surpresa
mas você
tava em casa esperando
o quê, me diz,
você sabia da chuva?

então guarda, por favor,
um pedacinho que eu não quero mais
ter que discutir
sobre o que faltou e o que sobrou
pra mim, meu amor

vamos andar de bicicleta
na praia de copacabana...
deixa pra semana que vem, meu bem
mas não se deixe levar

mesmo quando não tem chuva
mesmo quando faz calor...
a gente podia estar andando
na lagoa ou na tijuca
ou então numa rua tranquila
no grajaú

me empresta um pouco do seu tempo
para eu descansar e refletir
o que aconteceu não foi assim tão importante
eu tentei, mas não tive como chegar
corri, mas não consegui
alcançar

a chuva
pegou todo mundo de surpresa
mas você
tava em casa esperando
o quê, me diz,
você sabia da chuva?
Track Name: Só Pra Ver Sambar
Depois de você
Vejo, você não quer tanto de mim
Basta um olhar que não seja através
Também não me olhe assim

Antes de você, queria tanto ter e aí está
Quem podia dizer que esse samba era bom
Mas só pra ver sambar

Junto de você
Vejo, você não quer estar aqui
Tento descrever, seria bom
Mas não pra ficar assim

Longe de você, veja, ninguém podia acreditar
Quero muito sambar esse samba que é bom
Mas só pra ver sambar

Só pra ver sambar

Fui chegando mais tarde já te vi de longe
Tu dançando, se acabando, com uma cerveja na mão
Ah, não pude evitar te querer um pouquinho
Fui entrando na fila que tu tava a censurar
Vim dançando, de braços abertos, segunda de carnaval!

Só pra ver sambar

Junto de você
Vejo, você não quer estar aqui
Tento descrever, seria bom
Mas não pra ficar assim

Longe de você, veja, ninguém podia acreditar
Quero muito sambar esse samba que é bom
Mas só pra ver sambar

Só pra ver sambar
Track Name: Marcha da Volta
deixo de lado a saudade
guardada junto ao que vai ficar
feito coisas que não vou usar
levo na mala e no peito
a coragem que não pode faltar
tente lembrar quando for me abraçar

passa, como passa o carnaval
posso ser feliz igual

deixo de lado a saudade
guardada junto ao que vai ficar
feito coisas que não vou usar
levo no meu violão as lembranças
que não cabem no olhar
e quando eu voltar, se não for mais o lar

passa, como passa o carnaval
posso ser feliz igual.